terça-feira, 4 de março de 2008

Cada vez mais distantes...


Coincidência ou não, depois da renúncia de Fidel, a tensão entre Colômbia, Equador e Venezuela se tornou intensa. Fidel, companheiro de luta de Che Guevara, que pregava que a América Latina deveria ser unida, ter interesses em comum para assim conquistar a soberania. E é em busca da soberania que o Equador se manifesta, e conflito aumenta.

Uma situação delicada, mas que me faz lembrar da minha viagem ao Paraguai e a leitura da tese de Denise Mota, "Vizinhos Distantes", sobre o cinema na América do Sul: Parece que as distâncias estão aumentando ao invés de diminuirem. E isto não somente no cinema...

3 comentários:

.Bárbara disse...

Oi Lívia,
Gostei muito do seu blog e concordo totalmente com você sobre as distâncias que aumentam ao invés de diminuirem.

Te adicionei aos meus favoritos,
se tiver um tempinho passe no meu e deixe sua opinião.
Obrigada,
Bárbara

JoJosho disse...

See Here or Here

Zololkis disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.